Conheça o Espaço FETAEP

31/08/2010 | Juventude

2º Festival Nacional da Juventude consolida espaço na agenda sindical

Sociedade civil, imprensa e órgãos do governo olharam o movimento de forma diferenciada

Parte da comitiva paranaense
 
Devido ao sucesso dos trabalhos realizados - que levantou uma série de temas referentes à melhoria das condições de vida no campo -, o 2° Festival Nacional da Juventude Rural já consolidou seu espaço na agenda do Movimento Sindical. Além disso, segundo o coordenador estadual de Jovens da Fetaep, a sociedade civil, a imprensa e os órgãos do governo encararam a proposta do evento com mais respeito.
 
“Nesta edição, percebemos que a imprensa nos deu um espaço maior e também que não associaram nossas atividades com bagunça ou desordem. Ficamos contentes, pois significa que estamos sendo mais respeitados”, alegou Marcos Brambilla. Já com relação aos órgãos do governo, os participantes do 2° Festival também sentiram uma significativa melhora no que diz respeito à forma de tratamento que receberam.
 
“Ao término das nossas atividades, entregamos ao ministro Luis Dulci, da Secretaria Geral da Presidência da República, e ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, uma carta com as propostas levantadas durante o Festival. Ambos trataram nossas reivindicações com dignidade”, informou. Além deles, a carta também foi encaminhada ao ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e ao ministro da Educação, Fernando Haddad.
 
CARTA: CONHEÇA AS PRINCIPAIS PROPOSTAS
 
Reforma Agrária
- Garantir, no cadastramento dos beneficiários da Reforma Agrária do Incra, o acesso dos jovens à terra.
- Aprovação da Emenda Constitucional que estabeleça o limite máximo da propriedade de terra em 35 módulos fiscais.
 
Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF)
- Lutar junto ao Congresso para que seja aprovado o projeto de Lei n° 362/2006, que autoriza a compra de terra entre parentes de primeiro grau no âmbito PNCF.
- Transformar o PNCF em política de Estado voltado ao trabalhão, à renda, e à soberania alimentar.
 
Educação no campo
- Consolidar junto aos Estados eaosmunicípios uma Política Nacional de Educação no Campo que considere as demandas e as reivindicações da juventude rural.
- Consolidar o programa Saberes da Terra (projeto piloto) nos Estados e Municípios como política pública de escolarização de Ensino Fundamental, assegurando sua ampliação para atendimento no Ensino Médio e formação profissional de agricultores familiares no campo.
 
Tecnologia da Informação
- Reivindicar junto ao governo federal o financiamento de computadores com acesso à internet aos jovens rurais.
- Consolidar a criação de Centros de Inclusão Digital no meio rural.
 
Trabalho e Renda
- Assegurar, no período das entressafras, o recebimento do seguro-desemprego para jovens trabalhadores rurais na faixa etária dos 16 aos 32 anos.
- Dar prioridade aos jovens resgatados das condições análogas à escrava em cursos de formação, de geração de renda e de trabalho.
- Garantir o acesso dos jovens ao Programa de Aquisição de Alimentos independente do acesso dos pais.
- Retirada dos critérios diferenciados para o acesso ao Pronaf Jovem que exigem tempo de escolarização em instituições especializadas.
Especial - Contribuição Sindical, tire suas dúvidas!
Sistemas de Arrecadacao da FETAEP

Cotação Agrícola

Cotação Agrícola da DERAL/SEAB
Jornal da FETAEP
jornais
Voz da FETAEP

09/07/2018 - Marcos Brambilla fala sobre divulgação do Plano Safra

áudios
Voz da FETAEP
vídeos

FETAEP - Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná

Rua Piquiri, 890 - Rebouças - Curitiba - CEP: 80230-140 | Fone: (41)3149-9200 | Fax: (41)3222-1788 | E-mail: fetaep@fetaep.org.br