Conheça o Espaço FETAEP

29/01/2019 | Educação do Campo | Formação | Formação e Organização Sindical | Regionais Sindicais

Formação sindical foi prioridade para FETAEP

Em 2018, a ENFOC formou mais de 100 educadores populares

A FETAEP manteve a sua missão de levar formação sindical e capacitação em 2018. Foram ofertados diversos cursos para lideranças, jovens e mulheres. Apenas com a Escola Nacional de Formação Política Sindical da Contag (ENFOC), formaram-se mais de 100 novos educadores.

“A ENFOC tem o objetivo de inclusão. Todos têm algo a ensinar na educação popular, e, unindo o que cada um sabe, é possível construir o conhecimento”, defende a assessora de Formação, Luciana Polizeli.

Para encerrar as atividades de 2018, XXXX

Para o secretário de Formação e Organização Sindical, Cláudio Rodrigues, o foco em 2018 foi formar líderes sindicais atuantes. “Os sindicatos devem ser referência nos municípios, mobilizador e propagandista. Assim, o trabalhador verá como uma extensão de sua casa”, explica Rodrigues.

 

4º módulo

A Regional de Campo Mourão concluiu a ENFOC

O início do mês de novembro foi marcado pela conclusão do último módulo do curso da ENFOC na Regional de Campo Mourão, entre 7 e 9 de novembro. Com a participação de 37 educandos e educadores, teve como tema as Novas Bandeiras de Luta e Práticas Sindicais.

Para iniciar, a história de Araruna foi apresentada, a qual tem a base na agricultura familiar. O feijão é um dos principais produtos cultivados no município e foi utilizado como símbolo de todo o curso. Os educandos de Engenheiro Beltrão falaram sobre o movimento sindical e a importância da participação feminina. Assim como os educandos de Ubiratã, que trataram sobre as campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul.

O gerente da Regional da Emater, Jairo Martins de Quadros, tratou sobre a geração de renda. “É importante o produtor ter interesse em trabalhar com as novas tecnologias e buscar políticas públicas para desenvolver as suas terras.  O mercado, em sua maioria, está saturado, por isso, é fundamental ser criativo para encontrar uma fatia em que se possa trabalhar com capacidade de produção, qualidade na gestão e competitividade”, ressalta Quadros.

O secretário de Juventude, Política Agrária e Meio Ambiente, Alexandre Leal, esteve presente para tratar sobre práticas sindicais e como alia os compromissos como membro da FETAEP e as atividades em sua propriedade nos fins de semana.

No Paraná, são cerca de 700 mil agricultores familiares e mais de 300 mil assalariados rurais. De 23 mil representados na Regional, apenas 4500 são atuantes. Diante disso, Leal fez a reflexão de como aumentar melhorar a participação da categoria. “É preciso ter novas práticas, reinventar, reestruturar as ações e investir em formação para termos bons projetos socioeconômicos e políticos”, complementa o secretário.

Para aliar a teoria à prática, a turma visitou duas propriedades de educadores populares, uma de cultivo de orquídeas e outra de rosas. Para a Vivência Pedagógica, o grupo foi recebido na Cooperativa Agroindustrial de Corumbataí do Sul (Coaprocor). A maior cooperativa da agricultura familiar no setor de fruticultura possui parceria com a marca de produtos de beleza Natura, fornecendo óleo da semente de maracujá, faz vendas institucionais para 169 cidades e também para 11 escolas municipais.

O presidente da FETAEP, Ademir Mueller, esteve presente do encerramento do curso e falou sobre a sustentabilidade político-financeira do movimento sindical, considerando os impactos da reforma trabalhista no processo e ressaltou que agora é o momento de encontrar caminhos para fortalecê-lo.

Com muita emoção, a Transformatura significou o momento do encerramento do curso e de um novo papel para os educandos: o de levar conhecimento e experiência a outras pessoas.

 

3º módulo

Regional Vale do Ivaí realiza módulo sobre desenvolvimento sustentável

Com tema Desenvolvimento Rural Sustentável, a Regional Vale do Ivaí teve 36 educandos e educadores participando do terceiro módulo da ENFOC. Realizado nos dias 12, 13 e 14 de novembro, em Ivaiporã, iniciaram as atividades pela mandala, observando os produtos da agricultura familiar e produções do movimento sindical.

As equipes ressaltaram no acordo de convivência a importância de valorizar ao máximo o associado, respeitar e demonstrar com transparência nas ações a responsabilidade com a categoria.

O assessor do convênio FETAEP/Emater na Regional Noroeste Umuarama e educador popular, Éder de Oliveira, fez uma dinâmica com o grupo para discutir desenvolvimento e sustentabilidade, para que assim discutissem o entendimento do que é o termo rural, o espaço em que vivem, a qualidade de vida e a tradição.

O assessor da Contag na Regional Sul e educador popular, José Lourenço Candoná, fez considerações sobre o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), que busca alternativa ao modelo de desenvolvimento agrícola. “O PADRSS foi pensado pelo movimento sindical, planejado para buscar e valorizar o espaço rural, que é privilegiado”, comentou. Candoná comentou também sobre a importância dos Conselhos Municipais, pois é uma ferramenta de discussão de investimento de recursos municipais.

O secretário de Política Agrícola da FETAEP, Marcos Brambilla, discorreu sobre políticas públicas para a agricultura familiar e a importância dos sindicatos neste processo, além de contar sobre ter crescido em um ambiente de agricultura familiar e hoje pode aplicar todos os conhecimentos em sua propriedade.  

“O sindicalismo precisa defender um projeto alternativo sustentável e solidário. Por isso, é preciso repensar a postura e ser um movimento mais propositivo. O Brasil é um país mais rural do que imaginamos, precisamos reconhecer esta realidade e estarmos presentes na discussão, por meios de conselhos para defender nossa categoria”, complementou Brambilla.

A Vivência Pedagógica foi em uma propriedade de uma das educandas de Lidianópolis, a qual está montando um pesque-pague.

As dinâmicas fizeram parte do último dia de curso, e trabalharam a animação, a comunicação e a memória. Então, o grupo terminou o módulo com a avaliação de que a maneira mais simples de se aproximar das comunidades rurais e multiplicar a mensagem, é buscar formas criativas e, principalmente, ouvir a base para compreender as necessidades locais e encontrar formas de resolvê-las.

 

4º módulo

Educadores da Regional Vale do Ivaí encerram formação

Para completar o curso da ENFOC, a Regional Vale do Ivaí, nos dias 5, 6 e 7 de dezembro trataram sobre Novas Bandeiras de Luta e Práticas Sindicais.

O assessor da Contag na Regional Sul e educador popular, José Lourenço Candoná, ressaltou o papel dos educadores com a Regional ao concluir o curso, para desenvolver e compreender o que é relevante para ajudar no crescimento local. Candoná tratou também sobre a importância do sindicalismo para o desenvolvimento da categoria.

 A ligação com o sindicato foi levantada pelo presidente da Associação de Produtores de Água dos Milagres e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Ivaiporã, José Luiz de Paula Dias. “Trabalhar com essa aliança traz o desenvolvimento da agricultura familiar. Sem uma entidade que os represente, o trabalhador não tem quem lute por ele”, completou Dias.

Com o intuito de falar sobre a história do movimento sindical e participar da Transformatura, o presidente da FETAEP, Ademir Mueller, e o secretário de Formação e Organização Sindical, Cláudio Rodrigues, conversaram com os educandos e revelaram que a missão dos sindicatos é se tornar referência no município por meio da atuação e do suporte aos seus associados.

Especial - Contribuição Sindical, tire suas dúvidas!
Sistemas de Arrecadacao da FETAEP

Cotação Agrícola

Cotação Agrícola da DERAL/SEAB
Jornal da FETAEP
jornais
Voz da FETAEP

09/07/2018 - Marcos Brambilla fala sobre divulgação do Plano Safra

áudios
Voz da FETAEP
vídeos

FETAEP - Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná

Rua Piquiri, 890 - Rebouças - Curitiba - CEP: 80230-140 | Fone: (41)3149-9200 | Fax: (41)3222-1788 | E-mail: fetaep@fetaep.org.br